Tango

Aspectos Gerais




Surgiu na Andaluzia (Espanha) e popularizou-se na Argentina, unindo-se à Milonga Criola e à Habanera Argentina.
Desenvolveu-se nos subúrbios e cabarés do cais de Buenos Aires. Num primeiro momento havia uma espécie de competição entre os homens para ver quem cortejava o maior número de mulheres através da dança.
Mais tarde a dança ficou popular, e pelo fato dos casais se apresentarem com o rosto colado e realizarem passos sensuais, a dança chegou a ser proibida, como o Maxixe.
Por volta de 1880, já apresentava características argentinas.
É importante diferenciar o tango-salão para o tango-fantasia; o primeiro não possui saltos nem movimentos espalhafatosos e é utilizado nos salões de bailes 'milongas'. Já o tango-show vale tudo, onde normalmente é coreografado e com acrobacias.
Também praticado por dançarinos, além do Tango, a Milonga ¹ e o Tango - Valsa ².
Todo grande dançarino necessita saber caminhar pelo salão, possuindo bases de seis, oito e até onze tempos.

¹ Milonga - Canto e dança de Andaluzia que, nos fins do séc. XIX, se popularizou nos subúrbios de Montevidéu e Buenos Aires. Estilo de música alegre, tradicional em várias partes da América Latina e da Espanha. Derivada da Habanera, assim como o Tango. Dança-se marcada todos os tempos(111...) com variações em contratempo(rápidorápidolento).

² Tango-Valsa - Estilo de música suave, que mescla o Tango e a Valsa. Dança-se movimentos de caminhada e muitos giros de rotação e translação.
 

Deixe seu comentário!